Mensagem do Provedor

Bem vindos ao sítio da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo.
A pretensão deste espaço é divulgar toda a actividade da nossa Santa Casa, que conta com
mais de 500 anos de existência ao serviço dos mais frágeis. Foram séculos de dinamismo em prol da
nossa instituição, com a boa vontade de muitos benfeitores e mesários foi possível trazer à nossa
Santa Casa o progresso que todos reconhecemos.
Este ano a Santa Casa vai contar com cerca de 900 utentes e clientes. Distribuídos no Lar
Bom Jesus da Pedra, Serviço de Apoio ao Domicílio, Centros de Convívio, Creche/Jardim Infância,
C.A.T.L.'s, C.A.O. e Escola Profissional. Contando este ano com cerca de 150 funcionários, é a
maior Instituição Social do Concelho e, também, a maior empregadora.
A nossa Misericórdia vai contar, em breve, com duas novas valências na freguesia de Ponta
Garça. Um C.A.T.L. e uma Creche, integradas no futuro Centro Intergeracional.
Nesses últimos anos a nossa Instituição cresceu de forma muito significativa, dando um
passo gigantesco na construção e qualificação, bem como, na modernização dos nossos
equipamentos e consolidação de acordos de cooperação e funcionamento com o I.S.S.A..
A mesa administrativa que preside, entende que é fundamental incentivar o diálogo com
todos os funcionários desta instituição, assim como, com todos os cidadãos da sociedade civil, na
procura das melhores soluções para a nossa Santa Casa, tendo em conta os recursos disponíveis
dando a melhor rentabilidade possível. Naturalmente que nem tudo está resolvido. É preciso
reforçar gestão criteriosa da instituição, intensificar a otimização de recursos humanos e financeiros
e desenvolver estratégias de geração de receitas próprias, que nos permitam levar mais além o apoio
aos nossos idosos e às crianças e jovens. Contribuindo para o exercício da cidadania plena no nosso
concelho.
Esta é uma Instituição de carácter religioso. A solidariedade exige de nós uma actuação
laica, que não olhe aos credos, raças ou religiões de quem ajudamos, mas a nossa raíz Cristã deve
determinar como actuamos.
A nossa actuação de amor ao próximo é na lógica do Estado Social. Este exercício de
Misericórdia é que realiza, no concreto, a dignidade humana.
A terminar, que o Senhor me dê saúde e me ajude a ser justo. E, também, que nos ajude a
todos: funcionários, Mesa Administrativa, Assembleia Geral e Concelho Fiscal.
Que o Senhor Bom Jesus da Pedra nos proteja.

Provedor
Lucindo dos Anjos Fontes Couto

Scroll to top